A equipe

A Black Bee Drones surgiu em agosto de 2015, na Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), inicialmente como um projeto de Iniciação Científica. Após sua primeira participação no IMAV Competition - um evento anual que combina conferência científica e a maior competição mundial de drones inteligentes - ela se tornou a primeira equipe acadêmica de drones autônomos da América Latina e seu principal objetivo é desenvolver novas tecnologias na área de drones que irão fazer a diferença em esfera nacional, disseminar novos conhecimentos estudados e construir mão de obra qualificada.

Nós desenvolvemos desde a estrutura física até a inteligência artificial dos nossos drones, que os permite realizar de maneira autônoma as tarefas a eles requisitadas. Com pouco mais de 5 anos de existência já participamos em cinco edições do IMAV, que foram realizadas na Alemanha, China, França, Austrália e Espanha, onde tivemos papel de destaque, passando então a sermos convidados para participar das maiores feiras tecnológicas do país, como a DroneShow - a maior feira de drones da América Latina - onde somos palestrantes e expositores;  a Campus Party, o maior evento de tecnologia do país e a Welcome Tomorrow.

equipe

A equipe conquistou diversos prêmios nacionais e internacionais e se tornou referência de drones inteligentes no Brasil, tendo destaque na mídia e sendo convidada para participar dos principais eventos de drones, tecnologia e inovação do nosso país, dando palestras, realizando exposições e demonstrações de tecnologia, workshops, cursos, treinamentos e consultorias.

{ "product_id": "090C", "uuid": "2C39019D9F0C2A08D03BFD93F0504C55", "run_date": "2018-09-09T085747-0300", "filename": "Bebop_2_2018-09-09T090017-0300_2C3901.dng", "media_date": "2018-09-09T090017-0300" }

A Black Bee Drones participa da IMAV - INTERNATIONAL MICRO AIR VEHICLE  conference and competition, competição internacional de drones autônomos. Nessa  competição, a equipe deve desenvolver drones capazes de realizar de forma autônoma provas  que simulam a utilização de drones em situações aplicáveis à vida real, como procedimentos de  emergência, mapeamento de locais, carregamento de carga cooperativa, localização de  vítimas, coleta de água, combate a incêndio, entrega de pacotes, entre outros temas que visam  possíveis melhorias de qualidade de vida para a sociedade como um todo.

Como a participação exige alto grau tecnológico, a Black Bee utiliza visão computacional  e inteligência artificial embarcada em drones, permitindo os mesmos reconhecer objetos e tomar  decisões em pleno voo.

Além de representar o Brasil e a América Latina internacionalmente, a equipe visa encontrar maneiras de auxiliar a sociedade através da utilização de drones, como na participação junto com a SAE Brasil, auxiliando na organização da Fórmula Drone, que é uma iniciativa da SAE BRASIL focada em estudantes e professores de ensino médio técnico, a fim de incentivar e estimular o desenvolvimento de tecnologias nesse setor.

Áreas

Gestão

A Gestão é responsável por planejar, alocar e gerir recursos, ações, iniciativas,  princípios, valores e estratégias, procurando viabilizar o alcance dos objetivos propostos.  Inspirada nesse modelo interdisciplinar, a sua estrutura é dividida em quatro subáreas capazes  de promover um bom funcionamento: documentação, financeiro, gestão de projetos e recursos  humanos.

Marketing

Como em qualquer grande empresa e projeto de sucesso é essencial a presença de  uma equipe de Marketing bem estruturada. A fim de obter maior autonomia e agregar mais  valor à Black Bee Drones, o marketing é responsável pelo contato com tudo que é externo a  ela, como seguidores, imprensa e empresas e é encarregada de angariar recursos para a  equipe. O marketing se organiza e divide em quatro subáreas: assessoria de imprensa,  patrocínios e parcerias, branding e marketing digital.

Hardware

O Hardware é encarregado dos circuitos eletrônicos e dos sistemas embarcados que  são utilizados em nossas aeronaves. Essa área possui autonomia para tomar decisões  referentes a quais componentes eletrônicos devem ser adquiridos pela equipe, qual a melhor  configuração para cada drone, assim como autonomia para iniciar a fabricação das primeiras  placas e componentes eletrônicos projetados dentro da Black Bee Drones. Em resumo, essa  área é responsável por escolher quais componentes e dispositivos eletrônicos devem ser  comprados, configurar e montar os drones após a área da Mecânica construir o frame, projetar  e construir dispositivos eletrônicos, tornar os drones capazes de executar códigos  desenvolvidos na área de Software e realizar testes de voo manuais e autônomos nos drones  de nossa equipe.

Mecânica

A Mecânica é responsável por projetar e construir toda parte estrutural do drone e os  projetos são inteiramente feitos e pré-calculados em software de modelagem 3D (SolidWorks).  Após a finalização e a aprovação do projeto, começa a fase de construção, desde os braços e o  trem de pouso feitos em impressão 3D, até os centerplates feitos em MDF a corte a laser ou em  fibra de carbono. Essa área também é responsável por escolher a melhor combinação de  motores, hélices e bateria para cada drone construído, garantindo assim a melhor autonomia  possível. Além disso, desenvolve os mecanismos a serem utilizados na realização das missões  propostas pela competição (IMAV).

Software

O Software tem como objetivo fazer com que o drone, com estrutura física e eletrônica  previamente montadas, se torne autônomo e possa executar as tarefas propostas. Para isso,  usamos recursos como robótica, visão computacional e inteligência artificial para criar as  aplicações autônomas com o drone.

A filosofia de desenvolvimento da divisão é feita em duas partes correndo em paralelo:  pesquisa e implementação. Na primeira parte é feita a pesquisa de novas tecnologias,  ferramentas e competências necessárias para fazer novas aplicações e tarefas com os drones.  Já na parte de implementação são desenvolvidas as aplicações nas quais a equipe já tem  domínio dos requisitos necessários.

Atualmente, a Black Bee Drones já conta com aplicações que vão desde o voo  comandado totalmente por código, a reconhecimento de padrões e objetos durante o voo,  mapeamento de áreas de interesse e respostas a estímulos visuais.

Contato

Suas sugestões, dúvidas e comentários são muito bem-vindos. Entre em contato conosco, seria um prazer recebê-los!